Acusados de tramar sequetro de Sérgio Moro são mortos a facadas dentro de penitenciária

0
62

Moro diz que está pronto para liderar movimento de pacificação nacional: “Nossas únicas armas serão a verdade, a ciência e a justiça”; confira discurso na íntegra

Dois suspeitos de planejar o sequestro do senador Sérgio Moro foram mortos nesta segunda-feira (17), na penitenciária de Presidente Venceslau, interior de São Paulo. A informação foi confirmada à CNN por fontes ligadas à investigação. A suspeita é de que os responsáveis pelas mortes tenham ligação com o PCC.

Os corpos de Janeferson Aparecido Mariano (conhecido como Nefo) e Reginaldo Oliveira Souza (chamado de Rê), foram encontrados no banheiro e no pátio do presídio, respectivamente. Ambos eram réus na Operação Sequaz, que apura um plano de atentado para sequestrar Moro e outras autoridades.

As informações levantadas pela CNN apontam que as mortes aconteceram por volta de 12h30, logo depois da liberação dos presos para o banho de sol. Janeferson foi levado por três presos para o banheiro da unidade, onde foi morto a golpes de faca. Logo depois, Reginaldo também foi capturado e executado no pátio do presídio.

Após os crimes, os responsáveis se identificaram e se entregaram para a direção do presídio.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui