Após críticas de candidatos do PL sem recursos do fundão, Bruno Roberto diz que destinação é feita pela direção nacional

0
263

As declarações foram dadas ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, nesta segunda-feira (5).

O candidato disse que fica na expectativa que as outras candidaturas também sejam abrangidas financeiramente. (Foto: divulgação/assessoria)

O candidato ao senado pelo PL da Paraíba, Bruno Roberto, negou que a destinação dos recursos do fundo partidário não estejam sendo disponibilizados por parte da direção estadual do partido. Bruno, que é filho de Wellington Roberto, presidente estadual do partido, afirmou que a situação é algo que “foge do controle”.

As declarações foram dadas ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, nesta segunda-feira (5). “A competência para destinação desses recursos não é do diretório estadual. Ela não é do diretório estadual. A análise de pertinência, de conveniência,  da destinação dos recursos ela é elaborada pela nacional. Então é uma coisa que foge ao nosso controle”, explicou.

O candidato disse que fica na expectativa que as outras candidaturas também sejam abrangidas financeiramente, porém não negou que isso não possa ocorrer. “Eu fico na expectativa sim, que seja dada alguma cobertura financeira, agora na eventualidade de não ser, entretanto eu tenho crença que será, mas nós precisamos jogar com as ferramentas que nos são dadas”, disse à Arapuan FM.

A candidatura de Bruno recebeu verbas do fundo partidário, porém por meio da direção estadual. No Divulgacand, sistema de divulgação de contas e candidaturas da Justiça Eleitoral, consta que Bruno captou R$ 20.000 do partido. A data cadastrada do pagamento é 31/08.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui