Início Cidades Investigado pela Operação Calvário tentou esconder celular em plantas e disse à...

Investigado pela Operação Calvário tentou esconder celular em plantas e disse à polícia que estava rezando

5
0
COMPARTILHAR

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão no apartamento de Sérgio Gama, os agentes desconfiaram da atitude dele.

Um dos investigados pela Operação Calvário, que foi alvo de mandado de busca e apreensão nessa terça-feira (27), tentou esconder o celular em meio a plantas para que não fosse encontrado pela polícia federal. Trata-se de Sérgio Gama, que foi chefe de gabinete do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Arthur Cunha Lima.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão no apartamento de Sérgio Gama, os agentes desconfiaram da atitude dele, que ficou em frente a uma janela na sala. Questionado, ele disse que estava rezando.

Foi aí que um agente encontrou um aparelho celular parcialmente enterrado em meio às plantas que ficavam em uma jardineira nessa janela. Sérgio Gama insistiu que não iria negar entregar o aparelho, apenas tinha deixado ele ali antes de abrir a porta, e voltou a dizer que estava rezando.

De acordo com o Ministério Público Federal, as investigações apontam para movimentações financeiras suspeitas tanto de Sérgio Gama, quanto do conselheiro Arthur Cunha Lima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui