Paraíba marca pela primeira vez no ano e vence o clássico contra o Atlético Cajazeiras

0
279

Depois de dois anos, Paraíba e Atlético-PB voltaram a fazer o clássico de Cajazeiras no Campeonato Paraibano na noite desta terça-feira. Em jogo com lances polêmicos e muita reclamação, o Tricolor levou a melhor e venceu por 1 a 0, graças a uma cobrança de falta perfeita do volante Xinho, no segundo tempo.

O detalhe é que o Paraíba finalmente conseguiu marcar um gol em 2016, já que não havia balançado as redes em quatro jogos. Melhor ainda, o time comandado por Pedrinho Albuquerque chegou a quatro pontos no Grupo A, enquanto o Atlético permanece na última colocação do B, agora somando a sua segunda derrota em dois jogos.

Na próxima rodada, no sábado, o Paraíba vai atuar pela primeira vez longe de casa, ao enfrentar o CSP, em João Pessoa. Já o Atlético, na condição de mandante, recebe o Campinense tentando a reabilitação para não ficar mais pressionado na competição.

Muita correria e bola na trave no primeiro tempo
O jogo começou movimentado, com os dois times buscando o gol. Logo aos três minutos, por exemplo, França obrigou o goleiro atleticano Paulo Musse a fazer boa defesa, em dois tempos.

Mas, aos poucos, o Trovão Azul foi tomando as ações da partida, embora o domínio tenha sido mais territorial, sem que isso levasse perigo ao gol de Danilo. Isso até os 20 minutos, quando Átila achou espaço e mandou uma bomba na trave, na melhor chance de se abrir o placar no primeiro tempo.

Gol salvador e sorte no fim da partida
As emoções estavam mesmo reservadas para o segundo tempo. O Atlético-PB começou melhor e quase marca um golaço através de Robinho, que enfileirou a zaga do Paraíba e mandou a bomba com perigo.

Só que foi o Paraíba quem abriu o placar. Aos 23, o volante Xinho bateu falta com perfeição e venceu o goleiro Paulo Musse. Gol muito comemorado pelo Tricolor, já que foi o primeiro no ano – incluindo aí os três amistosos que fez na pré-temporada e o jogo contra o Botafogo-PB, na estreia do Campeonato Paraibano.

O Trovão Azul ainda chegou a balançar as redes aos 29, com Robinho, mas a jogada já estava parada por impedimento do ataque. O gol anulado provocou um princípio de confusão no Perpetão, com muitas reclamações dos jogadores atleticanos contra a arbitragem.

Para completar a noite, novamente a trave salvou o Paraíba. E isso já nos acréscimos, aos 48 minutos. No clássico, o Tricolor foi cirúrgico. E o Trovão Azul terá mais alguns dias para se lamentar de mais uma derrota.

DIÁRIOESPORTIVO com Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui