segunda-feira, maio 27, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioUncategorizedBelo pede para PM impedir entrada de torcida uniformizada do Sport em...

Belo pede para PM impedir entrada de torcida uniformizada do Sport em jogo deste domingo

Prestes a encarar o Sport Recife, na estreia da Copa Nordeste, em jogo neste domingo (14), no Almeidão, em João Pessoa, o Botafogo da Paraíba se arma de todas as maneiras para proporcionar um dia de alegria,

Ontem, sábado (13), a direção do Clube encaminhou um requerimento à Polícia Militar da Paraíba solicitando que a Segurança Estadual não permita o ingresso de jogadores uniformizados do time adversário no estádio. A medida seria preventiva, a fim de evitar confronto de torcidas.

Torcidas de Botafogo-PB e Sport vão ficar em arquibancadas separadas no Estádio Almeidão. Medida foi por causa de recomendação da Polícia Militar

Botafogo-PB e Sport se enfrentam neste domingo na estreia de ambas as equipes na Copa do Nordeste de 2016.

VEJA O COMUNICADO

Ao comando da Polícia Militar da Paraíba O Botafogo Futebol Clube, em atenção às determinações das autoridades, vem requerer a V.Sa que não permita o ingresso de torcedores uniformizados do Sport Clube do Recife nas dependências do estádio José Américo de Almeida Filho (Almeidão) por ocasião do jogo a ser realizado amanhça, dia 14 de fevereiro. Guilherme Carvalho do Nascimento Presidente do Botafogo

CBF já vetou a torcida do Sport no jogo, a pedido do MP

Em um comunicado curto, divulgado em seu site oficial, a CBF comunicou que a partida entre Botafogo-PB e Sport, neste domingo, pela Copa do Nordeste, acontecerá com torcida única. Alegando que o estádio Almeidão não tem condições de suportar duas torcidas por conta das obras no local, o Ministério Público da Paraíba fez o pedido e foi atendido.

Em ofício enviado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última sexta-feira, os relatores do Ministério Público da Paraíba justificaram o pedido ao apontarem a reforma de um viaduto próximo ao estádio como obstáculo para a locomoção do público. Com 50% das vias fechadas nos arredores, as torcidas teriam que passar por um mesmo espaço.

Os entulhos da obra no viaduto que passará em volta do estádio José de Almeida Filho foram outra alegação do Ministério Público para evitar duas torcidas. O relatório descreve que os restos de obra podem virar “verdadeiras armas” na mão dos torcedores.

Por fim, o Estado também cita o comportamento violento de uma das organizadas do Sport como fator a ser prevenido. Unindo a rivalidade dos times, os entulhos da obra e o espaço redimensionado, CBF, Ministério Público e o aparato policial da Paraíba se uniram para evitar o pior logo na primeira rodada da Copa do Nordeste.

Fonte: PB Agora

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments