sexta-feira, junho 14, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioDestaquesMédicos paraibanos são expulsos de cooperativa por práticas de anestesias simultâneas

Médicos paraibanos são expulsos de cooperativa por práticas de anestesias simultâneas

Planos de saúde repassaram mais de R$ 585 milhões ao SUS em 2017

O Conselho de ética da COOPANEST/PB expulsou 6 médicos paraibanos por práticas de cartel, anestesia simultâneas, dentre outras irregularidades. O grupo formado por profissionais do HNSN/ REDEDOR, estão cartelizando o serviço no hospital há 3 anos, proibindo outros anestesistas de exercerem suas atividades com suas equipes os quais já trabalham a anos .

Segundo informações, os profissionais vêm realizando anestesias simultâneas em duas salas para ganharem os dois procedimentos , negligenciando os pacientes na recuperação anestésica os deixando com dor e passando mal mesmo ganhando plantão para isso. Outra irregularidade cometida é a falsidade ideológica e estelionato em fichas de anestesias cometido por profissionais que não são conveniados .

Após todos recursos e direitos de defesa dos acusados a COOPANEST/PB decidiu em assembleia extraordinária pela expulsão dos anestesistas ( JOSÉ BONIFÁCIO IMPERIANO , ANÍBAL COSTA FILHO , DANIEL IMPERIANO , EDMILSON GOMES FILHO, DAVIDSON BARBOSA E RODRIGO VITAL ). Foram 88 votos a favor e 15 contra a expulsão. Esses por ocasião afirmaram que esquema era organizado pelo próprio hospital pelo gerente de marketing Cláudio Pessoa .

Esse grupo vem faturando mais de 10 milhões nesses últimos 3 anos, chegando a um único anestesista faturar mais de 220 mil reais por mês . O modus operandi do HNSN/Rededor é oferecer ao cirurgião vantagens financeiras como redução de impostos , plantões exclusivos , consultórios e cashback de 5% do valor total da conta do paciente (fazendo com que o paciente aumente o tempo internado para aumentar a conta do convênio).

Após outras denúncias, o grupo aumentou contando com mais 11 anestesistas que vem praticando os mesmos delitos e estão em fase de processo ético na coopanest. sao eles : JOÃO CABRAL MADRUGA NETO , BRUNO PAES FELIX, JOÃO AURILIO ESTRELA , FLAVIO PALMEIRA DE ARAUJO , MICHELLE QUINTANS , ANTONIO CAVALCANTE MELO FILHO , VANESSA SOUTO PAIVA , GUSTAVO DE MOURA PEIXOTO , JULIANNA SOUSA VINAGRE ,  e YURI JACINTO TRIGUEIRO .

Outra denúncia grave desse grupo é que estão simultaneamente de plantão em vários outros hospitais do SUS ao mesmo tempo que estão realizando procedimentos no HNSN/REDEDOR , hospital Metropolitano e Hospital Universitário Lauro Wanderley . As informações são do portal Polemica Paraíba.

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments