segunda-feira, maio 27, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioPolíticaPetista lamenta aumento da tarifa de ônibus em JP e redução de...

Petista lamenta aumento da tarifa de ônibus em JP e redução de leitos no Padre Zé

Hospital Padre Zé está com 60 leitos fechados faltando apenas liberação da Prefeitura

A volta dos festejos carnavalescos para a população pessoense não trouxe boas notícias. Em primeiro lugar já está valendo, deste o último domingo, 7, o aumento da passagem de ônibus que agora custa R$ 3,00. Em segundo, o anúncio de que o Hospital Padre Zé possui 60 leitos fechados por causa da morosidade da Secretaria de Saúde de João Pessoa.

O vereador Fuba falou com preocupação sobre as duas notícias: “Sobre o anúncio do valor da passagem, achei muito estranho isto ser feito às vésperas do Carnaval. As pessoas foram pegas de surpresa e mais uma vez a tarifa foi reajustada sem o devido diálogo com a sociedade. Outra coisa que precisa ser lembrado, e que foi publicizado pela imprensa, no dia 8 de janeiro o prefeito afirmou que não haveria aumento no valor das passagens no começo do ano. Complicado fazer uma afirmação dessas e praticamente um mês depois nos deparamos com essa surpresa nada boa para quem utiliza o transporte público urbano, e que sabemos que não oferece um serviço de qualidade”.

Ainda sobre o serviço oferecido pelas empresas para a população, Fuba acrescentou que esses aumentos não acontecem de forma transparente, uma vez que não são divulgadas as informações sobre os lucros dessas empresas: “Temos um Conselho de Mobilidade Urbana que funciona apenas para discutir aumento das passagens. Não vemos debates sobre a melhoria dos serviços. O que presenciamos são ônibus sucateados, redução no número de veículos e desligamento de linhas. Nem vou entrar aqui na questão da mobilidade urbana, algo que definitivamente não existe em João Pessoa”.

Leitos fechados no Hospital Padre Zé

O Hospital Padre Zé, que possui 50 anos de fundação, atende a população que depende totalmente do Sistema Único de Saúde (SUS). Nesta quarta, 10, o diretor do hospital, padre Egídio de Carvalho Neto, revelou durante uma entrevista que 60 leitos estão prontos para o atendimento, porém, por causa da “burocracia e má vontade” da gestão municipal eles ainda não podem ser utilizados pela população. Segundo ainda o diretor do hospital, estes leitos poderiam ser utilizados para o atendimento de 2 mil pessoas por mês.

Padre Egídio ainda acrescentou que a burocracia da Prefeitura impede que a hospital dobre a sua capacidade de atendimento, e para ele isso seria um descaso.

Para o vereador Fuba, infelizmente a Prefeitura de João Pessoa não deve entender a importância do Hospital Padre Zé, e muito menos da abertura de mais 60 leitos para o atendimento da população: “A demora na liberação dos leitos do hospital, que foram construídos através de um Convênio com o Ministério da Saúde, é muito preocupante. A abertura destes leitos em nada irá aumentar os gastos da Prefeitura na área da saúde, pois ele é mantido pelas verbas do SUS (Ministério da Saúde) e de doações. Qual então o motivo para a demora para esta liberação?”

Fonte: Ascom

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments