terça-feira, junho 18, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioCampina GrandePrefeito de Campina Grande Bruno Cunha Lima dá prazo de 48 horas...

Prefeito de Campina Grande Bruno Cunha Lima dá prazo de 48 horas para empresas retomarem viagens aos distritos

Durante uma entrevista concedida na sede da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande, o prefeito Bruno Cunha Lima deu um prazo de 48 horas para as empresas de transporte público retornarem com as viagens aos distritos e comunidades de Galante, São José da Mata, Jenipapo e Salgadinho/Estreito.

foto blog do max silva

O prefeito comunicou que pode haver uma intervenção municipal no transporte coletivo, além da abertura de uma nova licitação para selecionar novas empresas que forneçam os serviços requisitados.

Em sua fala, Bruno cobrou melhorias nas frotas e também pediu a ampliação das viagens por parte das empresas. Apesar de destacar a obrigatoriedade contratual que deve ser cumprida pelo Sitrans, o prefeito demonstrou interesse em resolver a situação com a empresa.

Outro fator importante citado por Bruno foi a volta das aulas presenciais nas universidades públicas e privadas de Campina Grande, que gerou um crescimento no número de usuários do transporte coletivo, aumentando a demanda do serviço.

”Todos os dias nós recebemos informações sobre ônibus lotados. O aumento no preço dos combustíveis fez com que muitas pessoas voltassem a usar o sistema de transporte público. Todos esses fatores têm feito com que o sistema de transporte coletivo se tornasse superavitário. O custo dessas operações é atualizado mensalmente. Não existe nenhuma explicação que justifique com que as empresas abandonem as pessoas que vivem na zona rural de Campina Grande. Essas pessoas acabam ficando sem o direito de ir e vir nessa situação”, disse Bruno Cunha Lima.

Quando perguntado sobre a iminência do colapso no transporte público e sobre a nota emitida pelo Sitrans, o prefeito respondeu dizendo que o texto é ”maledicente”.

”Eles querem cobrar um subsídio de 55 centavos para cada passageiro transportado. Esse valor seria pago pela Prefeitura. No entanto, esse dinheiro vem do bolso do cidadão”, completou o prefeito.

 

 

 

 

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments