sexta-feira, fevereiro 23, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioCampina GrandeProcon de Campina Grande autua Cagepa após transtornos ocasionados pela falta d’água

Procon de Campina Grande autua Cagepa após transtornos ocasionados pela falta d’água

Por G1 PB

 


Transtornos foram ocasionados depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, em Queimadas — Foto: Adonias Silva/G1/ArquivoTranstornos foram ocasionados depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, em Queimadas — Foto: Adonias Silva/G1/Arquivo

Transtornos foram ocasionados depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, em Queimadas — Foto: Adonias Silva/G1/Arquivo

O Procon de Campina Grande autuou a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), por má prestação de serviços públicos. A autuação foi realizada nesta terça-feira (19), em consequência dos transtornos ocasionados pela falta de água na cidade, depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, localizada em Queimadas, no Agreste do estado, provocou a interrupção no abastecimento em Campina Grande e outras .

O órgão estadual tem um prazo de dez dias para apresentar a defesa. Caso isso não ocorra, a companhia poderá ser multada em valores que variam de R$ 200 mil a R$ 400 mil. de acordo com o Procon. O G1procurou a Gerência Regional da Cagepa para comentar o assunto, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Ainda conforme o Procon, a Cagepa infringiu artigos do Código de Defesa do Consumidor, sobretudo, o que determina que as concessionárias são obrigadas a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos.

Segundo o coordenador executivo do Procon de Campina Grande, Rivaldo Rodrigues, desde a segunda-feira (18), a Cagepa “divulga intensamente junto à mídia o retorno do fornecimento de água na forma de rodízio, no entanto não tem cumprindo o que está prometendo, e isso tem trazido sérios transtornos à população e muitas demandas para o Procon”.

fonte g1pb

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments