domingo, maio 19, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioCidadesProposta aumenta número de vereadores de 27 para 29 na Câmara de...

Proposta aumenta número de vereadores de 27 para 29 na Câmara de João Pessoa

O aumento de cadeiras tem amparo constitucional, com base na quantidade de habitantes da Capital, conforme dados do IBGE

O vereador Humberto Pontes destacou, no entanto, que a ampliação no número de vereadores não representa aumento de gastos, porque o duodécimo permanece o mesmo (Foto: Walla Santos)

Uma Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município pretende ampliar de 27 para 29 o número de vereadores na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A proposta, de autoria da Mesa Diretora, embora não estivesse prevista na pauta, foi lida nesta quarta-feira (29), em plenário, tendo início a sua tramitação na Casa de Napoleão Laureano.

O aumento de cadeiras tem amparo constitucional, com base na quantidade de habitantes da Capital, conforme dados do IBGE. Municípios de mais de 750.000 habitantes e de até 900.000 habitantes podem ter até 29 vereadores na composição da Câmara Municipal.

O vereador Humberto Pontes destacou, no entanto, que a ampliação no número de vereadores não representa aumento de gastos, porque o duodécimo permanece o mesmo.

“Não tem despesa nenhuma a mais, porque o duodécimo não aumenta em função disso, a Câmara é que vai ter que se adequar ao duodécimo para atender aos 29 vereadores”, explicou Humberto.

O vereador Milanez Neto argumentou a mesma questão sobre não aumentar a despesa, e ainda destacou que “quem ganha é a população, que vai ter uma maior representação” no Legislativo municipal.

O projeto de lei não constava na ordem do dia da sessão desta quarta-feira (29), pois entrou extrapauta. De acordo com o vereador Leo Bezerra, vice-presidente da Câmara, o projeto tinha mais de nove assinaturas, e com essa quantidade de assinaturas é possível apresentar o projeto de lei diretamente no plenário, sem precisar ser protocolado no sistema.

O vereador Humberto Pontes explicou, ainda, que a matéria tem que ser lida cinco vezes e, depois, segue para a Comissão de Constituição e Justiça, para apreciação pelos membros da comissão.

fonte clikpb

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments