domingo, maio 19, 2024
No menu items!
Google search engine
InícioDestaquesPolíticos que explorarem mão de obra de crianças durante campanha eleitoral poderão...

Políticos que explorarem mão de obra de crianças durante campanha eleitoral poderão ser multados em até R$ 10 mil

O uso indevido de crianças e adolescentes pode acontecer em diversas situações no período eleitoral

Uma recomendação feita pelo MPT-PB foi enviada a diretórios de 32 partidos políticos na Paraíba (Foto: Reprodução)

Alguns candidatos que pretendem entrar na política, ou até mesmo se reeleger, sob a justificativa  melhorar a sociedade na qual vivemos, podem estar cometendo crimes, antes de conseguirem assumir um mandato. A exploração de trabalho infantil – infelizmente – é um dos motivos das possíveis irregularidades que podem ser encontradas durante a campanha eleitoral. Para se ter uma ideia, o uso indevido de crianças e adolescentes pode acontecer em diversas situações no período eleitoral como, panfletagem, adesivagem de veículos, ou portar faixas, bandeiras e cartazes de candidatos em semáforos ou ruas.

Todas essas práticas são consideradas ilegais pela Constituição Federal, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e pela Consolidação das Leis do Trabalho. A multa de acordo com o Ministério Público do Trabalho pode chegar a casa dos 10 mil reais por criança ou adolescente encontrados em situação irregular. O valor deve ser revertido ao Fundo Estadual dos Direitos da Infância e Adolescência.

Uma recomendação feita pelo MPT-PB foi enviada a diretórios de 32 partidos políticos na Paraíba. O documento foi assinado pela procuradora do Trabalho Edlene Lins Felizardo, responsável pela Coordenadoria Estadual de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente.

“Nas eleições de 2020, expedimos recomendação para os diretórios estaduais de todos os partidos políticos na Paraíba para que não utilizassem mão de obra de crianças e adolescentes na campanha, em panfletagem e outras ações. Nas eleições deste ano, continuamos vigilantes, para que os partidos deem conhecimento a todos os candidatos para que se abstenham de explorar mão de obra de crianças e adolescentes na campanha deste ano”, alertou a procuradora.

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine
Google search engine

Most Popular

Recent Comments